Pular para o conteúdo principal

Postagens

Em destaque

Delmiro Gouveia sob o olhar acadêmico.

Coletânea de trabalhos acadêmicos: artigos; dissertações; teses e revistas eletrônicas de cunho científico que se debruçaram sobre Delmiro Augusto da Cruz Gouveia. ARTIGOS  Delmiro Gouveia: a construção de um mito. Teima de Barros Correia. Cad. Est. Soe- Recife, v. 12, ri. 1, p. 25-62,jan./jun., 1996         Para ler clique aqui .  DISSERTAÇÕES DE MESTRADO Delmiro Gouveia e o processo educacional desenvolvido no núcleo fabril da pedra, no sertão de Alagoas (1902 – 1926) . Edvaldo Francisco do Nascimento. 197 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Centro de Educação, Programa de Pós Graduação em Educação, Universidade Federal de Alagoas, Maceió, 2012.         Para ler clique aqui . O patrão, o contador e o empregado : Delmiro Gouveia nas biografias de Adolpho Santos e Lauro Góes (1940-1970). Karla Karine de Jesus Silva. 132 f. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristovão, 2014.         Para ler clique aqui . TESES DE D
Postagens recentes

10 vídeos do Canal Buenas Idéias para assistir na quarentena.

Canal no YouTube do jornalista e escritor Eduardo Bueno, produz vídeos sobre temas diversos de História do Brasil de maneira descontraída. O autor já escreveu mais de 30 livros, dentre os quais a Colecão Brasilis, sobre temas de História. Antes das críticas, o autor adverte: "o vídeo está repleto de generalizações e simplificações", ao final indica as referências para leitura. A baixo seleção dos 10 vídeos produzidos pelo canal que tratam sobre o sertão e Nordeste. Lampião o Rei do Cangaço   Zumbi  A Guerra de Canudos Os mistérios do Padre Cícero Quem comeu o bispo Sardinha? Calabar traído ou traidor? A Revolta dos Malês Balaiada Olinda x Recife: A Guerra dos Mascates O triste fim dos Euclides Viu primeiro aqui? Para referências, use: VIEIRA, Felipe. 10 vídeos do Canal Buenas Idéias para assistir na quarentena . Disponível em https://bloghistoriasertao.blogspot.com. Acesso em: dia, mês e ano.

Exposição Mestre Rubério: um artesão de Piranhas, ainda em cartaz.

Inaugurada em 4 de janeiro de 2020, a “Exposição Fotográfica e de Objetos Mestre Rubério: um Artesão de Piranhas”, retrata a vida e obra de Rubério de Oliveira Fontes, ou simplesmente Mestre Rubério. Piranhense e último remanescente da arte naval miniaturalizada em madeira do baixo São Francisco.  A exposição é um passeio visual pelas fôrmas, formas e modos de fazer de sua arte e tem o cenário paisagístico pitoresco de piranhas e o Rio São Francisco como palco da sua trajetória artística. Detalhe da bolina da Canoa de Tolda | Créditos: Felipe Vieira Tupan | Créditos: Felipe Vieira. Na exposição, o visitante além de conhecer a história e arte do homenageado, terá a possibilidade de interagir com a estrutura, num jogo de espelhos e luz, que reproduz cenários da cidade e do rio, tal qual, aqueles vivenciados pelo artesão. Rico em imagens, o ensaio fotográfico mostra em detalhes cada parte do processo de criação ao resultado final. Embarcações famosas no Baixo São Franci

Exposição em São Paulo destaca pioneirismo empresarial de Delmiro Gouveia.

Inspirada na obra do professor Jacques Marcovitch, a trilogia Pioneiros e Empreendedores - A Saga do Desenvolvimento no Brasil (2003, 2005 e 2007), a exposição de mesmo nome, criada e coordenada por Jacques Marcovitch, teve sua primeira edição em 2010. A exposição que já ocorreu no Rio de Janeiro (2010); Fortaleza (2012); Manaus e Recife (2013), já recebeu cerca de 100.000 visitantes. Este ano ocorre em São Paulo entre os dias 19 de setembro a 1 de dezembro de 2019 no Palácio dos Campos Elíseos. Dentre os pioneiros e empreendedores destacados na exposição, está o industrial Delmiro Gouveia. Delmiro Gouveia aparece no volume 3 da trilogia A exposição contem rico material iconográfico de cada um dos 24 personagens, incluindo Delmiro Gouveia. Abaixo, algumas imagens que fazem parte mostra. Delmiro Augusto da Cruz Gouveia | Acervo: USP. Delmiro Gouveia, criador e criatura, 1913 | Acervo: USP. Angiquinho em operação | Acervo: USP. Sede da Companhia Agro Fab

Fotografias da Agro Fabril Mercantil e Angiquinho no acervo do Arquivo Público Mineiro.

No mês alusivo a memória do assassinato de Delmiro Gouveia, o blog apresenta fotografias que estão sob guarda do Arquivo Público Mineiro. São oito imagens da fábrica de linhas e da Usina Angiquinho do industrial Delmiro Gouveia, pouco conhecidas. As imagens fazem parte do acervo iconográfico de 1027 fotografias do Fundo 1 Arthur da Silva Bernardes 2 que estão sob guarda do Arquivo Público Mineiro.   Vista externa da fábrica de linhas | Acervo: APM. Interior da fábrica, operários posam para a foto | Acervo: APM. Interior da fábrica, outro ângulo interno  | Acervo: APM. Interior da fábrica | Acervo: APM.  Interior da fábrica | Acervo: APM. Interior da fábrica | Acervo: APM. As fotografias até parecem cenas da Revolução Industrial inglesa ou do filme Tempos Modernos de Charlie Chaplin, onde operários homens, mulheres e até crianças dividem as atribuições, mas trata-se do sertão alagoano! O mais moderno maquinário europeu estava em operação. As ficha

Piranhas no tempo do Cangaço

Porto de Piranhas, 1939 | Acervo Felipe Vieira Final da década de 30. Porto de Piranhas. Observem a quantidade de Canoas de Tolda e as casinhas na margem sergipana do rio. Um dia comum, um ano após a morte de Lampião e bando. Imagine esse porto na manhã do 28/JUL/1938, como não devia estar movimentado, o "rugi-rugi" de gente, "corre que mataram Lampião!!!", as cabeças na escadaria, tentem imaginar a cena, os piranhenses devem ter tido assunto para o ano todo! Viu primeiro aqui? Para referências, use: VIEIRA, Felipe. Piranhas do tempo do cangaço. Disponível em https://bloghistoriasertao.blogspot.com. Acesso em: dia, mês e ano.

O Cangaço sob o olhar acadêmico.

Coletânea de trabalhos acadêmicos: artigos; dissertações; teses e revistas eletrônicas de cunho científico que se debruçaram sobre a temática do Cangaço. ARTIGOS TEORIZANDO O CANGAÇO: O “REI LAMPIÃO” E A QUESTÃO DO BANDITISMO SOCIAL - Wescley Rodrigues Dutra | Anais do 3º Seminário Nacional de História da Historiografia: aprender com a história? Ouro Preto: Edufop, 2009.         Para ler, clique aqui . A ESPETACULARIZAÇÃO DA MORTE NAS PÁGINAS DO JORNAL “O NORDESTE” -  Wescley Rodrigues Dutra | Anais do XIV Encontro Estadual da ANPUH-PB | 2010.         Para ler, clique aqui. CANGAÇO E BANDITISMO SOCIAL: BREVES CONSIDERAÇÕES - Luiz Bernardo Pericás | Ruris, volume 9, número 2 | setembro 2015.         Para ler, clique aqui. ENTRE O CHAPÉU ESTRELADO E O PUNHAL: O IMAGINÁRIO DO CANGAÇO EM TERRAS BRASILEIRAS - Enaura Quixabeira Rosa e Silva | Revista Incelências, 2011, 2(1), pp. 39-53.         Para ler, clique aqui. DISSERTAÇÕES   NAS TRILHAS DO "REI DO CANG